Filie-se a Federação de Stand Up Paddle do Rio de Janeiro - Venha fazer parte dos nossos atletas federados - CLIQUE AQUI

  • Inscrição Evento

A Federação

A Federação de Stand Up Paddle do Rio de Janeiro - FESUPRJ é uma instituição sem fins lucrativos, criada em agosto de 2013 para desenvolver o esporte de Stand Up Paddle de forma padronizada respeitando as normas técnicas e as orientações da Confederação Brasileira de Stand Up Paddle – CBSUP. Seu principal objetivo é difundir o esporte aquático que mais cresce no mundo, o SUP, e orientar seus praticantes no que se refere as normas técnicas e de segurança.

A História do SUP

historia-do-sup

O Stand Up Paddle surgiu nas Ilhas americanas do Havaí no final da década de 1950 e início da década de 1960. Os surfistas havaianos remavam com remos de canoa em suas pranchas compridas para chamar a atenção dos turistas em dias de mar sem ondas. Logo o Stand Up Paddle se transformou em uma atividade aquática na qual o praticante fica de pé numa prancha e usa um remo para se mover. Foram desenvolvidos pranchas e equipamentos mais apropriados para essa prática e o esporte cresceu ao redor do mundo.

Modalidades

Hoje o Stand up Paddle abrange diversas modalidades, algumas variações dessas modalidades também aparecem em diversas partes do planeta de acordo com suas facilidades climáticas e geográficas, tais como:

Race Técnico Slalon
Race Técnico Cross
Race Sprint
River SUP Sprint
River SUP Slalon
Long Distance Maratona
SUP Fish
SUP Polo
SUP Yoga
Freestyle
Rafting

As principais modalidades praticadas no Rio de Janeiro são:

Race e Downwind;
Sprint;
Wave.

Race e Downwind

Race e Downwind Race e Downwind Race e Downwind Race e Downwind

Nesta modalidade as pranchas são grandes e com o formato do fundo parecido com uma canoa havaiana. Estas pranchas tem uma estabilidade maior, com mais velocidade e melhor navegabilidade. Os remos possuem uma área de contato com a água maior e um cabo mais longo para uma maior eficiência na remada. O objetivo da modalidade Race é a velocidade. Ganha o competidor que fizer o percurso determinado em menor tempo. Existem duas situações de condições de prova de Race: A primeira é a flat water realizada em lagos, lagoas ou enseadas com águas calmas e sem ondulação. Neste caso, predominam a técnica, a força e a resistência do atleta. A segunda situação é o downwind onde a prova é realizada normalmente em mar aberto sofrendo a influencia dos ventos e das ondulações exigindo do atleta mais técnica do que força.

Wave

Wave Wave Wave Wave

Na modalidade Wave a prancha é menor e tem um desenho muito próximo das de surfe tradicional, na maioria das vezes, com três quilhas. No Wave, é utilizado um remo de menor comprimento e área de contato com a água menor, para facilitar as manobras nas ondas. O material do remo deve ser leve e bem resistente, como a fibra de carbono e o kavler, que são mais adequados ao uso extremo. O objetivo da prova de Wave é a execução de manobras nas ondas utilizando necessariamente o remo e a prancha. Um grupo de árbitros aplicarão notas às ondas em função das manobras executadas e o competidor vencedor será o que obtiver a maior nota.

Localização

Rua Professor Hermes de Lima, 231 - Recreio/RJ.

Filie-se a Federação de Stand Up Paddle do Rio de Janeiro - Venha fazer parte dos nossos atletas federados - CLIQUE AQUI